Get a Grip: 20 anos com corpinho de 15

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 10:41


Por Rose Gomes



Eu não sei onde você estava há 20 anos, mas eu passava por minha primeira dor de cotovelo amorosa da adolescência, ou melhor, da pré-adolescência e hoje falarei de um disco que sem dúvida figurou entre as principais trilhas sonoras daquela saudosa época em que eu era feliz e não sabia: Get a Grip do Aerosmith.


Get a Grip foi lançado em abril de 1993 no auge da explosão grunge, quando as bandas desta vertente dominavam as paradas musicais. Mas isso não afetou o Aerosmith que trouxe neste disco um dos trabalhos mais marcantes e reconhecidos de sua carreira. Foram12 milhões de cópias vendidas, o topo de mais de dez rankings (incluindo o da Billboard) e dois Grammys, isso sem contar nos inúmeros videoclipes que passavam a torto e a direito na MTV, o que sem dúvida marcou uma época. Quem não se lembra de Alícia Silverstone pulando da ponte no clipe de Cryin’, ou das loucuras que ela e Liv Tyler fizeram no vídeo de Crazy?




O álbum já começa “causando” pela criativa capa de Hugh Syme e William Hames que traz uma vaca com um piercing na teta. A associação protetora dos animais reclamou da moderna vaquinha e depois de tanto alvoroço (desnecessário) foi admitido que se tratava apenas de uma montagem. 

O disco conta com a participação de diversos músicos como Desmond Child e Lenny Kravitz e traz um dos tracklists que mais marcaram a década de 90, como a hardona Livin’ on the Edge, o trio de baladas adolescentes Cryin’, Crazy e Amazing e a carregada e já clássica Eat the Rich, uma das melhores da banda na modesta opinião desta que vos escreve. 




A turnê deste álbum passou por aqui no Hollywood Rock de 1994 em shows memoráveis no Rio e em São Paulo e tivemos a chance de comprovar um pouco do que o disco traz, em ótimas performances ao vivo.


Sem dúvida Get a Grip está na lista de álbuns que marcaram uma geração e seguirá marcando, como todo bom disco faz. 

Steven Tyler (vocal, gaita, percussão, teclados e flauta) 
Joe Perry (guitarra e percussão) 
Brad Whitford (guitarra)
Tom Hamilton (baixo) 
Joey Kramer (bateria) 


01. Intro 
02. Eat the Rich 
03. Get a Grip 
04. Fever 
05. Livin’ on the Edge 
06. Flesh 
07. Walk on Down 
08. Shut Up and Dance 
09. Cryin’ 
10. Gotta Love It 
11. Crazy 
12. Line Up 
13. Can’t Stop Messin’ 
14. Amazing 
15. Boogie Man 



Comments (0)

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...