Travis: A sensibilidade e a melancolia de "Where You Stand"

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 17:35


Por Rose Gomes



Where You Stand não foi o tipo de disco que me conquistou à primeira ouvida, mas depois de muitas audições posso dizer que gostei bastante deste novo  álbum do Travis.


Basicamente o som dos caras continua o mesmo neste sétimo trabalho e isso já dá aquela valorizada, porque não existe nada pior do que banda que a cada álbum investe em estilos diferentes com a desculpa esfarrapada de que está se “reinventando” (e sabemos que são poucas as que conseguem tal feito), quando na verdade estão apenas pagando de marionetes na mão de empresários e gravadoras.


O disco contém 11 canções que em sua maioria trazem o combo melodia harmoniosa + refrão “acessível” (pra não dizer pegajoso) e  batida descolada. Isso sem citar os vocais de Fran Healy que a cada faixa mostra sua interpretação tranquila e segura.  “Mother”,“Moving” e a faixa-título “Where You Stand” são um bom exemplo disso. A harmonia instrumental também se faz presente em faixas como “Another Guy”  e “Boxes”, que  mostram o trabalho delicado de percussão e baixo.




"A Different Room" sem dúvida é o destaque deste disco que traz uma guitarra simples, porém melodiosa que parece flutuar junto à voz de Healy. Belíssima canção. O disco fecha com a melancólica “The Big Screen” que traz piano delicado e vocal trabalhado numa sensibilidade comovente.  




Acredito que este lançamento da banda – que não lançava um álbum de estúdio desde 2008 –agradará a seus fãs de longa data.

 8,0


1."Mother"           

2."Moving"           
3."Reminder"      
4."Where You Stand"  
5. "Warning Sign"                
6."Another Guy"                
7."A Different Room"      
8."New Shoes"  
9."On My Wall"  
10."Boxes"              
11. "The Big Screen" 
 

Comments (0)

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...