Não saí, fui demitido! - Parte 2: Anette Olzon

Posted by TRMB | Posted in | Posted on 10:32

Anette Olzon, ex-vocalista do Nightwish contou à Prog Magazine que sua saída da banda não foi uma decisão de ambas as partes, como divulgada em 2012, e sim uma demissão. Segundo ela, por estar grávida.

“Comecei a ficar frustrada com as pessoas dizendo que eu decidi sair da banda. Eu não decidi sair da banda, fui mandada embora da mesma forma que a Tarja, talvez de uma forma mais silenciosa.”

Olzon ainda fala sobre a influência da sua gravidez na decisão da banda:

“É como eu vejo isso. Por que todos iriam me querer fora logo depois de eu anunciar a minha gravidez?”

Anette também concedeu uma longa entrevista a uma revista finlandesa chamada Me Naiset, onde afirmou que a banda não a incluía no processo criativo, dividia os lucros igualmente, forçando a vocalista a aplicar seu dinheiro em outras companhias para obter lucro.

A banda respondeu com uma mensagem no site oficial:

“A separação com Anette não foi por causa de sua gravidez. Nós descobrimos que sua personalidade não contribuía para um trabalho em equipe – pelo contrário, era até prejudicial.

Anette nos contou sobre sua gravidez uma semana antes, em Montreal, e todos nós a congratulamos e a própria Anette ofereceu a possibilidade de contratarmos vocalistas substitutas caso ela tivesse algum problema durante a turnê, o que ficou acordado. Algum tempo depois ela voltou atrás na decisão, e então as dificuldades começaram.”




Fonte > Blabbermouth

Comments (0)

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...