Top 5 velharia: 5 sons que completam 30 anos em 2014

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 10:31




Elas são verdadeiros clássicos e é impossível encontrar alguém neste mundo que nunca tenha ouvido ao menos uma vez na vida alguma destas cinco canções. Pois é, não parece, mas estas belezinhas já são balzaquianas! Fiz uma lista com cinco músicas que completam 30 anos em 2014.


Jump -  Van Halen – A segunda faixa do álbum 1984 é um verdadeiro hino e um dos maiores hits da banda. Com uma introdução única, executada por Eddie Van Halen num sintetizador é sem dúvida um dos grandes clássicos que o rock já produziu, isso sem contar com o mirabolante solo de guitarra que complementa ainda mais a canção.


Still Loving You – Scorpions – Não parece mas a baladinha que amolece o coração do mais frio headbanger completa 30 anos neste primeiro semestre. Do álbum Love at First Sting a música, segundo o guitarrista Rudolf Schenker em entrevista à  Songfacts fala sobre uma história de amor reconhecidamente acabada que tenta recomeçar.


Love Ain't No Stranger – Whitesnake – Do sensacional álbum Slide It In, que ainda conta com as fabulosas Slow An' Easy e Guilty of Love, Love Ain't No Stranger teve sua intro pensada originalmente  pra guitarra, mas acabou sendo executada de forma única por Jon Lord nos teclados, além de ser uma das músicas que o lendário batera Cozy Powell mais gostava de tocar.



Pride (In the Name of Love) – U2 – A canção em homenagem ao ativista norte-americano Martin Luther King é uma das mais conhecidas dos irlandeses e figura na lista do Rock and Roll Hall of Fame como uma das 500 Canções que moldaram o Rock and Roll. Uma curiosidade sobre a música é que sua gravação contou com os backing vocals da líder do Pretenders, Chrissie Hynde, que na época era casada com o vocal do Simple Minds, Jim Kerr e seu nome aparece creditado como Christine Kerr.



I Want To Break Free – Queen – Uma das canções que mais agitam, não importa onde é tocada. É assim que a sexta faixa do álbum The Works, escrita pelo baixista John Deacon se caracteriza. O lendário videoclipe é um show à parte, já que traz os integrantes da banda vestidos de mulher. “Já havíamos feito alguns vídeos épicos e queríamos mostras às pessoas que nós não nos levamos muito a sério e que poderíamos rir de nós mesmos. Acho que conseguimos”, conta o batera Roger Taylor na biografia da banda.




Por Rose Gomes

Comments (0)

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...