Rush: primeiro álbum completa 40 anos

Posted by TRMB | Posted in , , , | Posted on 10:55

Carlos H. Silva

Lançado neste mesmo 1° de março, só que há 40 anos atrás, em 1974, Rush, autointitulado álbum dos canadenses do Rush, na época com John Rutsey na bateria, acompanhado do baixista e vocalista Geddy Lee e do guitarrista Alex Lifeson, deu início à bela discografia do power trio.

Rush tem algumas curiosidades e duas envolvem indiretamente o futuro membro Neil Peart: Rush é o único disco do grupo a ter todas as letras escritas por Geddy, posto que Neil tem para si desde que entrou para banda, o de letrista; e também é o único álbum que Neil não gravou com a banda, e John Rutsey é tão pouco lembrado (inclusive no Rock Hall of Fame onde nenhum membro de sua família foi convidado) que muita gente acha que é Neil quem está nas baquetas – até porque Rutsey tinha uma pegada forte e um som potente.



Originalmente foi gravado no Eastern Sound Studio, em Toronto, com o produtor Dave Stock. Stock trabalhou com a banda em algumas canções que acabaram entrando no debut, como Take a Friend e In The Mood, além de uma composição própria que nunca entrou em nenhum álbum do Rush: You Can’t Fight It. Mas a banda não estava satisfeita com a qualidade dessas primeiras sessões e mudaram para outro estúdio (Toronto Sound Studios) e produziram eles mesmos e conseguiram uma melhora grande no som.

Working Man foi a canção mais celebrada e até hoje é considerada como mítica na carreira do trio. Com riffs pesados e uma pegada forte, a canção é lembrada pela banda até hoje em praticamente todas as turnês. Donna Halper, uma DJ de Cleveland, Ohio (EUA), foi a primeira a tocar a canção nos Estados Unidos e imediatamente a rádio começou a receber ligações querendo saber “que banda é essa que parece o Led Zeppelin?”. Hoje em dia, Halper diz que muitas pessoas de Cleveland se identificaram com a canção em boa parte pela letra, pois naquela época era uma das cidades com maior número de operários no país.




Ainda sem explorar muito o rock progressivo, onde abraçou a partir do álbum seguinte, Fly By Night (1975), o Rush lançou um forte e eficiente trabalho de hard rock com toques de blues e rock n’ roll, como Need Some Love, Here Again e What You’re Doing. Mas o maior destaque, ao lado de Working Man, é Finding My Way, com seus riffs cortantes e os vocais gritados de Geddy.

Fica aqui a homenagem de aniversário para este grande disco de rock dos anos 70.

Ouça na íntegra:

Comments (0)

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...