Os 20 anos de Definitely Maybe

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 10:31


No último dia 30, há 20 anos, foi lançado “Definitely Maybe”, disco debut do grupo inglês Oasis, que acabou por ser um divisor de águas no cenário da música britânica da década de 90, que até então estava em baixa, devido (em grande parte) à explosão do grunge. Considerado o álbum de estreia mais importante de todos os tempos, obteve a incrível marca de 18 milhões de cópias vendidas. O quinteto inglês encabeçado pelos polêmicos irmãos Noel e Liam Gallagher já havia lançado 3 singles antes da estreia oficial do álbum: "Supersonic","Shakermaker"e "Live Forever" , super bem aceitos pela crítica e fãs e responsáveis por fazer as vendas agilizarem em pouquíssimo tempo.

A já lendária capa de Definitely Maybe traz um cenário detalhado, cheio de referências que vão desde Burt Bacharach - principal influência de Noel - à Pink Floyd. Foi feita no apartamento do guitarrista da banda, Paul “Bonehead” Arthurs, pelo fotógrafo Michael Spencer Jones.


Além de contar com os próprios músicos, a produção de Definitely Maybe também foi composta por David Batchelor, Mark Coyle e Owen Morris, principal responsável (de acordo com o empresário dos caras, Alan McGee) pela sonoridade vital do álbum. As onze faixas presentes na versão CD (doze na vinil), foram compostas exclusivamente por Noel, que durante muito tempo foi acusado de plagiar suas principais influências, caso do track “Cigarettes & Alcohol”, que nos remete ao clássico  “Get It On” da banda T. Rex. "Eu não estou dizendo que sou o maior compositor do mundo. O que quero dizer é que estes são os maiores compositores do mundo. E essa é uma maneira de colocá-los em minha canção. Eu não me sinto culpado”, declarou certa vez em entrevista ao Guitar World.

Mas acusações à parte, é importante ressaltar a carga intensa das composições de Definitely Maybe, que contam as experiências e anseios profissionais e pessoais de Noel e acabam por refletir o que pensava a juventude britânica dos anos 90. Se em “Rock 'N' Roll Star”, faixa que abre o bem sucedido álbum, o guitarrista canta sobre tornar-se um mito e sair de sua cidade natal – Manchester - , em “Live Forever”, uma das mais belas canções da banda,  composta ainda na época em que Noel era roadie da banda Inspiral Carpets, ele canta sobre o poder de ser jovem. Destaque para a interpretação enjoada e única de Liam Gallagher e o solo melodioso de Noel.



Já em “Slide Away” (bela harmonia entre a guitarra base, solo e batera. Taí uma canção bem ao estilo britpop!) e “Married With Children”, o músico desabafa a respeito de seu relacionamento com Louise Jones, sua namorada de longa data. O disco ainda destaca com certo êxito as faixas “Supersonic” (primeiro e excelente single lançado pela banda), “Columbia” e a já citada “Cigarettes & Alcohol”, consideradas já verdadeiros clássicos da música britânica.






Se a banda foi ou não melhor que os Beatles, como sugeriu certa vez a dupla Gallagher, pouco importa. Fato é que Definitely Maybe já tem marcado de maneira sólida e inabalável, seu nome no hall dos principais registros fonográficos da história da música britânica e mundial.



Por Rose Gomes.

Comments (0)

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...