Bandas distintas completando 20 anos: Muse e Rammstein

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 10:29



Muita coisa boa aconteceu musicalmente há 20 anos. A música britânica ganhava mais um representante de peso com o até então novato Oasis lançando Definitely Maybe, seu álbum de estreia do qual já falei aqui, enquanto no mundo headbanger Bruce Dickinson chegava ao mercado com Balls to Picasso, seu segundo álbum solo e o Megadeth lançava Youthanasia, seu sexto trabalho de estúdio, que destaca entre outras sonzeiras À Tout le Monde e Train of Consequences. Assim como grandes discos, muitas bandas boas e de diferentes estilos também surgiram em 1994. Escolhi dois exemplos extremos, o indie progressivo do Muse e o metal industrial do irreverente Rammstein, para trocarmos figurinhas.

Muse: Os britânicos do Muse passaram por alguns grupos no início dos anos 90 até se encontrarem em 1994 e formar uma das maiores bandas da atualidade. Fazendo um som que resulta em uma verdadeira miscelânea de estilos -  os caras passeiam do indie ao progressivo, com toques de música clássica e eletrônica -  o multi-instrumentista e vocal Matthew Bellamy, o baixista e tecladista Christopher Wolstenholme e o batera  Dominic Howard já gravaram com seu Muse seis álbuns e se preparam para lançar o sétimo, ainda sem data definida.

A banda que inicialmente atendia pelo bizonho nome de Rocket Baby Dolls, lançou seu álbum debut intitulado Showbiz em outubro de 1999, dando início a uma promissora história dentro da música. Com belíssimas performances ao vivo e plateia apaixonada, os shows do Muse costumam ser bem animados, não só pelo talento e carisma da banda, como pela incrível interação com seus fãs fieis. Há quem diga que Matt Bellamy e seus comparsas usam de playback em suas apresentações o que eu mesma pude comprovar ao vivo, a cores e em HD que NÃO. Inclusive no vídeo abaixo os caras até brincam sobre isso em um programa de TV:




Gosto muito da discografia do Muse e entre seus seis discos destaco com louvor o Absolution (2003), The Resistance (2009) e The 2nd Law (2012).





Rammstein: A banda alemã Rammstein é uma das mais criativas e polêmicas do rock, inclusive já citei algumas de suas aventuras aqui e é difícil acreditar que o grupo seja tão novo, apenas 20 aninhos! A sonzera que os caras fazem pode ser definida num metal mais industrial, classificada por muitos como NDH (Neue Deutsche Härte) ou Nova Dureza Alemã em português. Trocando em miúdos, na verdade eles misturam Hard Rock e Heavy Metal em sua essência.

O primeiro álbum do Rammstein intitulado Herzeleid, foi lançado em setembro de 1995 e depois disso vieram mais seis discos, tendo o último, Made in Germany, sido lançado no ano passado. Os shows da banda são um verdadeiro espetáculo à parte, com performances teatrais do vocalista (e poeta nas horas vagas) Till Lindemann, efeitos piroténicos dignos de filmes hollywoodianos e interação bastante empolgada dos fãs (principalmente da ala feminina).




Junto ao grandalhão Till Lindemann estão os guitarras Richard Kruspe e Paul Landers, o baixista Oliver Riedel , o batera Christoph Schneider e o tecladista esquisitão Christian Lorenz. Da discografia porradônica dos meninos eu destaco os álbuns Mutter (2001), Reise Reise (2004) e Liebe ist für alle da (2009).


Comments (0)

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...