Return to Forever: Scorpions volta (mais uma vez) com fiasco

Posted by Rose Gomes | Posted in | Posted on 09:03




Ouvir Sting in the Tail, disco de 2010, ou Return to Forever, o mais atual trampo do Scorpions, tanto faz. A fórmula usada é a mesma.  Fórmula esta que aliada à boatos nauseantes sobre a “provável” aposentadoria da banda e ao  hard rock estagnástico de outrora, já deram no saco que eu nem tenho. Escuto esse mesmo papo há quase dez anos, quando corri pra comprar meu ingresso para a Humanity World Tour em 2007, acreditando que realmente  aquela seria a turnê de despedida da banda. FAIL.

Talvez uma das únicas coisas que salvem o Scorpions na atual conjuntura seja o vocal “são” de Klaus Meine, que diferente da maioria de seus contemporâneos musicais, passou incólume pelos anos e se mostra forte o suficiente para segurar um show do início ao fim.

Mas vamos falar (pouco)de Return to Forever. O disco em sí não é ruim, apenas mais do mesmo. A banda não se reinventou, o que a essa altura do campeonato seria imprescindível. É um álbum recheado de baladas grudentas  e em muitos momentos a banda perde a oportunidade de mostrar que ainda sabe manejar seus instrumentos de maneira a fazer músicas realmente interessantes. Um fiasco.

Fica aquela sensação frustrante de que se trata apenas de mais um álbum caça-níquel, assim como o acústico lançado em 2013 e relançado em 2014 (com uma versão mais editada). As faixas We Built This House e Rock My Car valem uma conferida. E só.


6,5



         




Return to Forever
     Sony Music

1. "Going Out with a Bang"
2. "We Built This House" 
3. "Rock My Car"        
4. "House of Cards"    
5. "All for One"          
6. "Rock 'n' Roll Band"      
7. "Catch Your Luck and Play"   
8. "Rollin' Home"       
9. "Hard Rockin' the Place"
10. "Eye of the Storm"      
11. "The Scratch"

12. "Gypsy Life"  

Comments (0)

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...